A Constituição e os portos

Artigo de Marçal Justen Filho publicado no jornal O Globo em 29/mai/2008:

As operações portuárias publicas são realizadas por terminais operados por concessionários privados, mediante licitações. Os concessionários obrigam-se a controle rigoroso e pagam a União importâncias elevadas para a obtenção e a manutenção das concessões. Realizam investimentos vultosos para recuperar e ampliar as instalações portuárias, que revertem a União.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra



Assessora Juliane Erthal de Carvalho - juliane@justen.com.br

Justenfilho.com.br © Todos os direitos reservados a Marçal Justen Filho